quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Falando Sério : Caso menino Samuel

Olá gente bonita tudo bem com vocês, pois comigo não tem nada bem, estou chocada e indignada com as noticias que está rodando o Brasil e acredito o mundo também o caso do menino Samuel. Nas cenas, o menino chora, conta que o pai batia nele e pede para Deus que o juiz o deixe ficar em Brasília. Nos últimos quatro meses, o garoto ficou na capital morando com a mãe, Rosilene Batista Silva. O tio de consideração de Samuel que o abraça durante parte do vídeo, Rosilene ouviu de uma tia paterna da criança que ele era maltratado pelo pai e pela madrasta. 
O tio contou que Rosilene foi casada com o pai de Samuel por um ano e meio e que a separação, ocorreu por causa de constantes agressões físicas e psicológicas que sofria. Ela chegou a denunciar o então marido à polícia, mas retirou a queixa após ser ameaçada de morte. Souza explica que Rosilene deu a guarda da criança ao pai porque ele teria dito que mataria ela e o menino. Agora depois disto tudo não sei porque  não conheço os fatos mas o Meritíssimo Sr Juiz  não sei das quantas deu a guarda ao pai do menino, e você se depara com um vídeo desse em que a criança chora desesperadamente e sentindo se encurralada e obrigada a ter que ficar com uma pessoa chamada Pai, por causa da lei, mas, que lei mais ordinária é esta? queremos ver outro caso  como o da Isabela Nardoni, como o do Bernado que chocou o mundo,e no fim das contas quem mais sofreu foi a criança. Com lágrimas nos olhos, lembro me muito bem que, morávamos no interior do Espirito Santo, e minha mãe foi para outro estado em busca de trabalho, me deixou com minha querida avó, e meus dois irmãos mais novos tiveram que ficar com o pai que ha muito não os via, mas como minha mãe não tinha alternativa, deixou os assim mesmo, com um prazo determinado de quase 3 meses  ( não me recordo bem pois tinha apenas 7 anos) ela iria voltar para nos buscar, nesse período não vi meus irmãos,sentia muito a falta deles, ate que chegou o dia marcado pela minha , e ela retornou me buscou na casa da minha querida avo e fomos buscar os meus dois irmãos.
Quando minha mãe os deixou la, mandou roupa alimentação, limpos de cabelos e unhas cortados, quando  o pai das crianças nos viram tomou ate um susto, e foi chamar os dois, ( ele tinha mais filhos com outra mulher ) quando eles apareceram estavam irreconhecíveis , de pele clara, quase não se via a tonalidade de suas peles com cabelos enormes e muito desnutridos  pareciam BICHOS, estávamos incrédulas com aquela situação, minha mãe brigou muito com ele e a madrasta devido como eles estavam, mas fomos embora as crianças não estavam acreditando que estavam nos vendo novamente, e fomos para nossa casa, ao chegarmos minha mãe perguntou como que foi as FÉRIAS,  e ainda com lágrimas nos olhos e dor no coração lembro dos meus anjinhos relatando uma por uma a crueldade que viveram naquele lugar,  um com apenas 4 anos e outro com 5 tão desnutridos, que quase não ouvia se  a voz deles , demos banho neles e comida, enquanto eles relatavam, que dormiam no chão, comiam lavagem, os restos que sobravam da família, e todos os dias eles apanhavam do pai e da madrasta, um horror que não gosto nem de lembrar, Enfim, minha mãe deu um pau no pai da crianças e na madrasta, se não me engano ele já foi pro saco (se me entendem).


Voltando ao caso o que fazer pelo menino Samuel, orar muito pra que nada aconteça com ele e que as autoridades  e a mídia consigam de alguma forma contribuir para que este caso não vire mais um caso policial . Já tem páginas no face mais de 100 mil curtidas


link do face: todos por Samuel  https://www.facebook.com/ajudemsamuel/?fref=ts 




Deixe aqui o seu comentário,


 o que você acha sobre este caso, Você acha que a justiça brasileira de bosta tomou a decisão correta.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário